Review: WARHAMMER – Mark of Chaos

recomendacao

Estratégia e Aventura

Ação, estratégia, aventura, perspicácia e muita diversão. Warhammer – Mark of Chaos inova no atualmente  batido gênero da estratégia de civilizações, ou seja, jogos que nasceram sob as flâmulas incandescentes da dupla Age of Empires (Microsoft) e Warcraft/Starcraft (Blizzard).

Desde que ambos os estúdios entraram em uma verdadeira guerra pelo desenvolvimento deste tipo de jogo, muitos outros vieram e saíram, como o interessante Rise of Nations, da própria Microsoft, e outros que não obtiveram tanto sucesso, como Empire Earth.

De fato a chegada de Warcraft III semeou profundas modificações nesta categoria de jogos, uma vez que mudou o foco dos jogos para os famigerados “heróis”. Assim, as unidades de combate, como infantaria e demais opções geradas pela reunião de recursos, construção de edifícios e avanço tecnológico, tornaram-se obsoletas ante a implacável força dos “heróis” em vários aspectos.

Além disso, a combinação de poderes dos heróis levou o jogo para fugir de elementos mais táticos em detrimento do fortalecimento de um processo mais de ação, ou seja, o jogo ficou menos “estratégico”.

Assim, Warcraft III abriu espaço para mods, como DOTA, que levaram mais à frente ainda os elementos da ação em detrimento da estratégia a longo prazo, como acontecia antes nas edições 1 e 2 de Age of Empires e Warcraft.

Warhammer – Mark of Chaoes, reabre as portas para a estratégia alicerçada por elementos táticos a longo prazo. Apesar de não ser estruturado a partir da contrução de edifícios e avanços tecnológicos, Warhammer MoC avança profundamente em um ponto que até então não havia sido explorado por outros jogos do tipo: experiência distribuída pelas unidades, isto é, cada exército envolvido no jogo tem plenas capacidades de receber upgrades, receber itens variados e reunir habilidades especiais. Além disso, os heróis que acompanham estas tropas evoluem seus poderes a partir da distribuição de pontos de experiência, alcançando poderes e habilidades maiores que podem influenciar diretamente a performance das tropas em campo.

Unidades

Com menos raças envolvidas em jogo que seu antecessor Warhammer – Soulstorm, que até então havia dado novo impulso aos jogos de estratégia a longo prazo, semelhante a Age of Empires e Warcraft (versões 1 e 2 de ambos), Warhammer – Mark of Chaos investe pesado na construção da experiência de jogo do jogador. Em seu extenso modo de campanha, as unidades vão sendo apresentados no decorrer de um enredo muito bem articulado.

Elfos, Greens (Orcs e Goblins), Chaos e Humanos, com a participação de unidades especiais, como dragões, trolls, gigantes, ciclopes, anões, ratos gigantes e demônios, são organizados em unidades  de infantaria, arqueiria, cavalaria, siege (equipamentos de cerco) e unidades especiais, como goblins de artilharia e campeões desenvolvidos ao longo da evolução de cada exército.

Gráficos

Além disso, Warhammer ganha mais um ponto positivo no enlace de seus elementos gráficos com sua engenharia de jogo. A câmera tem grande mobilidade em um universo 3d muito bem trabalhado, rico em detalhes e efeitos especiais, que podem ser adaptados para máquinas com menor performance, ao custo da redução destes detalhes.

Com esta mobilidade de câmera e ajustes de zoom, pode-se aproximar de unidades ao ponto de acompanhar, em detalhes, o combate sangrento e desenfreado presente nas linhas de frente, e também acompanhar os encontros épicos dos líderes dos exércitos (campeões e heróis), que duelam entre os combates. A derrota de um deles altera profundamente o Moral das tropas correlegionárias.

Os detalhes estão espalhados pelo cenários, que contam com grande riqueza de elementos, indo desde bandos de pássaros de rapina que seguem as trilhas dos mortos, até o reflexo das tropas em espelhos d’água e o vento arrastando as folhagens de árvores e arbustos.

______________________________________

LINKS:
Site oficial

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s