Crise na Last.fm

Rede social e rádio online passará a cobrar de usuários internacionais.

Last.fm foi um sucesso quando foi lançado. A idéia inovadora de mesclar rede social com serviço de rádio online pegou muito bem. Centenas de milhares de pessoas plugadas ouvindo playlists personalizadas e compartilhando muita informação. Isso tudo agora muda, de certa maneira, para todo mundo que vive fora de Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha.

De acordo com o site TechChuck, quem estiver cadastrado fora dos três países supracitados pagará mensalidade de €3,00. No entanto, antes da cobrança começar, como ‘versão trial’ todos terão uma cota de 30 músicas para gastar. Um vez tocadas as 30 músicas, o sistema de cobrança será ativado.

O motivo para esta decisão, provalmente, tem a ver com o custo de licenciamento das músicas, para exibição internacional, que é muito elevado. Do mesmo mal sofreu o serviço Pandora, que atualmente permite acesso gratuitopenas para os usuários dos Estados Unidos.

Resta saber como será feita a verificação do local. Se por IP ou por cadastro. E vale lembrar que, de acordo com essas informações, basta sair criando contas novas para ter direito às 30 músicas. Quando terminadas, cria-se outra conta. O problema disso será criar contas de e-mail.

Mas é para esse tipo de ‘problema’ que vieram à rede serviços como Blip.fm e GrooveShark.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s